sábado, março 20, 2010

Meu povo, Meu poema - Ferreira Gullar

Meu povo e meu poema crescem juntos
como cresce no fruto
a árvore nova

No povo meu poema vai nascendo
como no canavial
nasce verde o açúcar

No povo meu poema está maduro
como o sol
na garganta do futuro

Meu povo em meu poema
se reflete
como a espiga se funde em terra fértil

Ao povo seu poema aqui devolvo
menos como quem canta
do que planta.

Isso é muito Sério!!! Te amo Filha!

Eu não o Conheci
Oswaldo França Jr.

Meu Filho foi embora e eu não o conheci. Acostumei-me com ele em casa e me esqueci de conhece-lo. Agora que sua ausência me pesa, é que eu vejo como era necessário tê-lo conhecido.
Lembro-me dele. Lembro-me bem em poucas ocasiões.
Um dia, na sala, ele me puxou a barra do paletó e me fez examinar seu pequeno dedo machucado. Foi um exame rápido.
Uma outra vez me pediu que lhe consertasse um briquedo velho. Eu estava com pressa e não consertei. Mas lhe comprei um brinquedo novo. Na noite seguinte, quando entrei em casa, ele estava deitado no tapete, dormindo e abraçado ao brinquedo velho. O novo estava a um canto.
Eu tinha um filho e agora não o tenho mais porque ele foi embora. E este meu filho, uma noite me chamou e disse:
- Fica comigo. Só um pouquinho, pai.
Eu não podia; mas a babá ficou com ele.
Sou um homem muito ocupado. Mas meu filho foi embora. Foi embora e eu não o conheci.

Cartinha de Luciandro para sua Professora Rosiane

Do aluno Luciandro, E.M.Gov.Danilo de Mattos Areosa. 6ºC


Professora pra você do Luciandro, Obrigado.

Flor das águas, flor das matas
Flor do inverno e de verão
As flores da minha terra
Nasce em qualquer estação

São brancas, negras, morenas
Com o perfume e a magia
De um leve toque de amor
E quando o dia clareia
Por onde a vista passeia
Logo aparece uma flor.

Cartinha de Rute para sua Professora Rosiane

Da aluna Rute em 20/09/2005. E.M.Gov.Danilo de Mattos Areosa. 6ºC


Querida Professora:

Precisamos de um só instante para olhar alguém,
uma hora para gostarmos dessa pessoa,
um dia para nos apaixonarmos por ela
e uma vida inteira para esquece-la.

Se cada vez que eu pensasse em você uma estrela se apagasse não haveria mais no céu uma estrela que brilhasse.

- outra mensagem na mesma folha de papel -

Matemática do Amor

Diminua as tristezas
Divida as Alegrias
Multiplique o Amor
Amizade para + (somar)
Tristezas para - (diminuir)
Felicidade para x (multiplicar)
Alegrias para : (dividir)


SORRIA SEMPRE PROFESSORA, TE AMO!


- outra mensagem na mesma data mas em folha de papel diferente -

Poema
Bilhete

Se tu me amas, ama-me baixinho
Não grites de cima dos telhados
Deixa em paz os passarinhos
Deixa em mim!
Se me queres,
enfim, tem que ser bem devagarinho,
Amada, Que a vida é breve e o Amar mais breve ainda.

O Amor é como a Guerra
Fácil de começar e muito difícil de terminar.

É triste molhar o mar em uma noite sem lua,
mas mais triste é amar sem esperança alguma.

Siga
Sempre
Sorrindo com
Sua
Sabedoria.

Deus te abençoe Professora!

segunda-feira, novembro 30, 2009


Com quantos homens se faz um marido


(Pastora Rosângela Brito 02.04.2005) 

Marido é coisa preciosa, minha irmã; e coisa muito mais preciosa que você pode imaginar
Resolvi consertar os objetos quebrados de minha casa, mas não pude contar com o meu marido que estava empenhado em trabalhos de pesquisa, sem poder ser interrompido

Levei o secador de cabelos para o eletricista, chamei o técnico para olhar a lava-louças e o técnico trouxe um especialista para rebobinar o motor da esteira–elétrica. Chamei o Silvinho para reparar as infiltrações das paredes e o forro dos armários. Aproveitei a bagunça para pedir ao Luciano para enrolar a palhinha desgastada do velho sofá de cana-da-índia. Como a casa ficou meio vazia, decidi renovar o sinteco e dar uma verificada geral nos interruptores queimados. Mandei renovar o verniz da ardósia da varanda e tirar os cupins das portas e quadros. O Fabinho veio dar uma podada na grama, e o Julimar cuidou das grades do canil. Quando a varanda ficou pronta, achei que estava pedindo um toldo e entreguei essa parte para o Alessandro fazer.

Organizei outras coisinhas, coisas pequenas mas que me demandaram outros tantos profissionais para realizá-las.

Sim, foram muitos homens, o que me levou a valorizar o meu marido, pois poucos deles seriam necessários e estes poucos, seriam bem melhor orientados se meu esposo estivesse com tempo disponível para isto.
Marido é coisa preciosa, minha irmã; e coisa muito mais preciosa que você pode imaginar.

Essas coisinhas materiais que ele faz, como: trocar as lâmpadas, levar seu carro para a oficina, sabendo exatamente o defeito e não permitindo que o mecânico lhe passe prá trás; essas buchas das torneiras que ele troca, essa cortina da janela que ele sabe colocar tão bem, e esse varal de roupas que ele habilmente instala, e outras coisas mais das quais não me lembro agora, não são as mais importantes que ele pode fazer. O melhor mesmo é o que ele representa espiritualmente para você: 
- Ele a cobre e é o responsável pela sua honra.

 Minha avó dizia que marido, ainda que seja um bêbado, é melhor do que não tê-lo. Uma amada amiga minha, já idosa, quando lhe perguntam pelo marido, responde assim: Ah, o Antônio tá lá coitado, aquele caquinho! 
Mesmo que seu marido seja um caquinho, como o dela, amada, ele é seu marido. Ele é sua cobertura e proteção para os seus filhos, que doutra sorte seriam impuros. Ele é o sacerdote do seu lar. Ele é o que está na posição de amá-la como Cristo amou a igreja. Ele é o provedor que, com o suor do rosto, traz o sustento para sua casa. Ele é o valente que Deus lhe deu para defendê-la, como parte mais fraca, das feras do campo.

E se tudo isso não faz sentido para você, tal a ignorância dele, seu descaso, seu desinteresse ou a falta de conhecimento das suas responsabilidades morais conjugais e espirituais, confie naquele que é maior que seu marido, naquele que é o marido da solitária, que lhe deixou por breve tempo mas que torna a recolhê-la com grandes misericórdias.


Lembre-se de que esse é o marido que Deus lhe deu. Ele é o que substitui todos os homens da sua vida. É a ele que você deve amar, honrar e respeitar. 

Pense nisso e que Deus a abençoe!


domingo, junho 22, 2008

Viver/Sonhar faz bem

A poesia é como comida, alimenta a alma e nutri o espirito...
Sonhar é como vida, sustenta e dar vigor ao ser...

Que o sonhar e o viver façam parte de nossas vidas mas do que o morrer!

Ame, ame, ame...
Queira, queira, queira...
Sinta, sinta, sinta...
Recuse, recuse, recuse...

Mas não se arrependa depois!

Ideal

Aquela, que eu adoro, não é feita
De lírios nem de rosas purpurinas,
Não tem as formas lânguidas, divinas,
Da antiga Vênus de cintura estreita...
Não é a Circe, cuja mão suspeita
Compõe filtros mortais entre ruínas,
Nem a Amazona, que se agarra às crinas
Dum corcel e combate satisfeita...
A mim mesmo pergunto, e não atino
Com o nome que dê a essa visão,
Que ora amostra que ora esconde o meu destino...
É como uma miragem, que entrevejo,
Ideal, que nasceu na solidão,
Nuvem, sonho impalpável do Desejo...


                               Antero Quental. Sonetos Completos

domingo, junho 10, 2007

MÃOS DADAS




Não serei o poeta de um mundo caduco.

Também não cantarei o mundo futuro.

Estou preso à vida e olho meus companheiros

Estão taciturnos mas nutrem grandes esperanças.



Entre eles, considere a enorme realidade.

O presente é tão grande, não nos afastemos.

Não nos afastemos muito, vamos de mãos dadas.
Não serei o cantor de uma mulher, de uma história.



Não direi suspiros ao anoitecer, a paisagem vista na janela.

Não distribuirei entorpecentes ou cartas de suicida,

não fugirei para ilhas nem serei raptado por serafins.

O tempo é a minha matéria, o tempo presente,
os homens presentes, a vida presente.

UMA LINDA HISTÓRIA DE NATAL

Certo homem, chamado Mogo, costumava olhar o Natal como uma festa sem o menor sentido.
Segundo ele, à noite de 24 de dezembro era a mais triste do ano,
porque muitas pessoas se davam conta de quão solitárias eram,
ou sentiam muito a ausência da pessoa querida que não esteve presente durante o ano.
Mogo era um homem bom.
Tinha uma família, procurava ajudar o próximo, e era honesto nos negócios.
Entretanto, não podia admitir que as pessoas fossem ingênuas a ponto de
acreditar que um Deus havia descido à Terra só para consolar os homens.
Sendo uma pessoa de princípios, não tinha medo de dizer a todos que o Natal,
além de ser mais triste que alegre, também estava baseado numa história irreal
- um Deus se transformando em homem.
Como sempre, na véspera da celebração do nascimento de Cristo,
sua esposa e seus filhos se prepararam para ir à igreja.
E, como de costume, Mogo resolveu deixá-los ir sozinhos, dizendo:
- Seria hipócrita da minha parte acompanhá-los.
Estarei aqui esperando a volta de vocês.
Quando a família saiu, Mogo sentou-se em sua cadeira preferida,
acendeu a lareira, e começou a ler os jornais daquele dia.
Entretanto, logo foi distraído por um barulho na sua janela, seguido de outro...
e mais outro.
Achando que era alguém jogando bolas de neve,
Mogo pegou o casaco para sair, na esperança de dar um susto no intruso.
Assim que abriu a porta, notou um bando de pássaros que haviam perdido seu rumo
por causa de uma tempestade, e agora tremiam na neve.
Como tinham notado a casa aquecida, tentaram entrar,
mas, ao se chocarem contra o vidro, machucaram suas asas,
e só poderiam voar de novo quando elas estivessem curadas.
"Não posso deixar essas criaturas aqui fora", pensou Mogo.
"Como ajudá-las?”.
Mogo foi até a porta de sua garagem, abriu-a e acendeu a luz.
Os pássaros, porém, não se moveram.
"Elas estão com medo", pensou Mogo.
Então, entrou na casa, pegou alguns miolos de pão, e fez uma trilha até a garagem aquecida.
Mas a estratégia não deu resultado.
Mogo abriu os braços, tentou conduzi-los com gritos carinhosos,
empurrou delicadamente um e outro, mas os pássaros ficaram mais nervosos ainda
- começaram a se debater, andando sem direção pela neve e
gastando inutilmente o pouco de força que ainda possuíam.
Mogo já não sabia o que fazer.
- Vocês devem estar me achando uma criatura aterradora disse, em voz alta.
- Será que não entendem que podem confiar em mim?
Desesperado gritou:
- Se eu tivesse, neste momento, uma chance de me transformar em pássaro só por alguns minutos, vocês veriam que eu estou realmente querendo salvá-los!
Neste momento, o sino da igreja tocou, anunciando a meia-noite.
Um dos pássaros transformou-se em anjo, e perguntou a Mogo:
- Agora você entende, por que Deus precisava transformar-se em ser humano?
Com os olhos cheios de lágrimas, ajoelhando-se na neve, Mogo respondeu:
- Perdoai-me anjo. Agora eu entendo que só podemos confiar naqueles
que se parecem conosco e passam pelas mesmas coisas pelas quais nós passamos.

Autor Desconhecido

FELIZ NATAL !

O MUNDO É GRANDE


O mundo é grande e cabe

nesta janela sobre o mar.


O mar é grande e cabe

na cama e no colchão de amar.


O amor é grande e cabe

no breve espaço de beijar.
Carlos Drummond de Andrade.

Pensamento XXV

O dia de amanhã, ninguém usou... Pode ser seu!!!
Autor desconhecido

Pensamento XXIV

A felicidade é um hóspede discreto do qual só se constata que ele existe quando está de partida.
Autor desconhecido

Pensamento XXIII

A alma não tem segredos que o comportamento não revele.
Tao-Tsé

sábado, junho 09, 2007

Pensamento XXII

O segredo de aborrecer é dizer tudo.
Voltaire

Pensamento XXI

Se um homem não sabe a que porto se dirige, nenhum vento lhe será favorável.
Sêneca

Pensamento XX

A bigorna dura mais que o martelo.
Autor desconhecido

Pensamento XIX

A bigorna dura mais que o martelo.
Autor desconhecido

Pensamento XIII

As adversidades não tornam os homens nem melhores nem piores.
Apenas revelam-nos como são.
Autor desconhecido

sexta-feira, junho 08, 2007

Pensamento XVII

Precisamos de 4 abraços por dia para sobreviver.
Precisamos de 8 abraços por dia para nos manter.
Precisamos de 12 abraços por dia para crescer.

Virginia Satir

Pensamento XVI

Ninguém tem o direito de consumir felicidade sem produzi-la.
Hale-Keller

Pensamento XV

"Primeiro eles o ignoram, depois o ridicularizam, em seguida o combatem e por fim você vence”.
Mahatma Ghandi

Pensamento XIV


Só existem dois dias no ano que nada pode ser feito. Um se chama ontem e o outro se chama amanhã, portanto, hoje é o dia certo para amar, acreditar, fazer e principalmente viver.
Dalai Lama

Pensamento XIII

É muito triste estender as mãos vazias e não receber nada. Mais triste, porém, é estender as mãos cheias, e não ter ninguém para recebê-las.
Omar Khayyam

VALORES

Um dia, durante uma conversa entre Arquitetos, me fizeram uma pergunta:
- O que de mais importante você já fez na sua vida?
A resposta me veio à mente na hora, mas não foi a que respondi,
pois as circunstâncias não eram apropriadas.
No papel de arquiteto da indústria do espetáculo (cenógrafo),
sabia que os assistentes queriam escutar anedotas sobre meu trabalho com as celebridades. Então, tirei lá das profundezas das minhas recordações:
O mais importante que já fiz na minha vida ocorreu em 08 de outubro de 1990.
Comecei o dia jogando golfe com um ex-colega e amigo meu que há muito não via.
Entre uma jogada e outra, conversávamos a respeito do que acontecia na vida de cada um.
Ele me contava que sua esposa e ele acabavam de ter um bebê.
Enquanto jogávamos chegou o pai do meu amigo que, consternado,
lhe diz que seu bebê parou de respirar e que f oi levado para o hospital com urgência.
No mesmo instante, meu amigo subiu no carro de seu pai e se foi.
Por um momento fiquei onde estava, sem pensar nem me mover,
mas logo tratei de pensar no que deveria fazer:
Seguir meu amigo ao hospital?
Minha presença, disse a mim mesmo, de nada serviria, pois a criança certamente está sob cuidados de médicos, enfermeiras, e nada havia que eu pudesse fazer para mudar a situação. Oferecer meu apoio moral?
Talvez, mas tanto ele quanto sua esposa vinham de famílias numerosas e sem dúvida estariam rodeados de amigos e familiares que lhes ofereceriam apoio e conforto necessários,
acontecesse o que acontecesse.
A única coisa que eu faria, indo até lá, era atrapalhar.
Decidi que mais tarde iria ver o meu amigo.
Quando dei a partida no meu carro, percebi que o meu amigo havia deixado o seu carro aberto e com as chaves na ignição, estacionado junto às quadras de tênis.
Decidi, então, fechar o carro e ir até o hospital entregar-lhe as chaves.
Como imaginei, a sala de espera estava repleta de familiares que os consolavam.
Entrei sem fazer ruído e fiquei junto à porta, pensando o que deveria fazer.
Não demorou muito e surgiu um médico que aproximou-se do casal e, em voz baixa,
comunica o falecimento do bebê.
Durante os instantes que ficaram abraçados a mim pareceu uma eternidade ...
choravam, enquanto todos os demais ficaram ao redor daquele silêncio de dor.
O médico lhes perguntou se desejariam ficar alguns instantes com a criança.
Meus amigos ficaram de pé e caminharam resignadamente até a porta.
Ao ver-me ali, aquela mãe me abraçou e começou a chorar.
Também meu amigo se refugiou em meus braços e me disse:
- Muito Obrigado por estar aqui!
Durante o resto da manhã fiquei sentado na sala de emergências do hospital,
vendo meu amigo e sua esposa segurar nos braços seu bebê, despedindo-se dele.
Isso foi o mais importante que já fiz na minha vida.
Aquela experiência me deixou três lições:
Primeira: o mais importante que fiz na vida, ocorreu quando aparentemente não havia absolutamente nada, nada que eu pudesse fazer.
Nada daquilo que aprendi na universidade, nem nos anos em que exercia a minha profissão,
nem todo o racional que utilizei para analisar a situação e decidir o que eu deveria fazer,
me serviu para aquela circunstância.
Segunda: estou convencido que o mais importante que já fiz na minha vida esteve a ponto de não ocorrer, devido às coisas que aprendi na universidade, aos conceitos do racional que aplicava na minha vida pessoal, assim como faço na profissional. Ao aprender a pensar, quase me esqueci de Sentir. Hoje, não tenho dúvida alguma que devia ter subido naquele carro sem vacilar e acompanhado meu amigo ao hospital.
Terceira: aprendi que a vida pode mudar em um instante.
Intelectualmente todos nós sabemos disso,
mas acreditamos que os infortúnios acontecem com os outros.
Assim fazemos nossos planos e imaginamos nosso futuro como algo tão perfeito e real,
como se não houvesse espaços para outras ocorrências. Mas ao acordarmos de manhã, esquecemos que podemos perder o emprego, sofrer uma doença ou cruzar com um motorista embriagado, etc.,
acidentes que podem alterar este futuro em um piscar de olhos.
Desde aquele dia busquei um equilíbrio entre o trabalho e a minha vida.
Aprendi que nenhum emprego, por mais gratificante que seja, compensa perder férias,
romper um casamento ou passar um dia festivo longe da família.
E aprendi que o mais importante da vida não é ganhar dinheiro,
atropelar a carreira dos outros e nem ascender socialmente.
O mais importante da vida é ter tempo para utilizar todos os conhecimentos adquiridos no sentido de promover o bem estar do próximo.

autor desconhecido

Pensamento XII

O destino faz os parentes. A escolha os amigos.
Jacques Delille

Pensamento XI

Quem se aflige antes do tempo, aflige-se mais do que o necessário.
Sêneca

Pensamento X

O pensamento do sábio antecede-lhe os atos, ao passo que o do insensato vem sempre depois.
Charles Pinot Duclos

Pensamento IX

Os únicos defeitos realmente terríveis são os que parecem qualidades.
H. Rabusson

Pensamento VIII

Todos nós nascemos originais e morremos cópias.
Karl Gustav Jung

MULHERES

A Mãe e o Pai estavam assistindo televisão, quando a Mãe disse:
“Estou cansada e já é tarde, vou me deitar".
Foi à cozinha fazer uns sanduíches para o lanche do dia seguinte na escola,
passou uma água nas taças das pipocas, tirou carne do freezer para o jantar do dia seguinte, confirmou se as caixas dos cereais não estavam vazias, encheu o açucareiro,
pôs tigelas e talheres na mesa e preparou cafeteira do café para estar pronta para ligar no dia seguinte.
Pôs ainda umas roupas na máquina de lavar, passou uma camisa a ferro e pregou um botão que estava caindo.
Guardou umas peças do jogo que ficaram em cima da mesa, e pôs a agenda do telefone no lugar. Regou as plantas, despejou o lixo, e pendurou uma toalha para secar.
Bocejou,espreguiçou-se, e foi para o quarto.
Parou ainda no escritório e escreveu uma nota para oprofessor do filho,
pôs num envelope junto com o dinheiro para pagamento de uma visita de estudo,
e apanhou um caderno que estava caído debaixo da cadeira.
Assinou um cartão de aniversário para uma amiga, selou o envelope,
e fez uma pequena lista para o supermercado.
Colocou ambos perto da carteira.
Nessa altura o Pai disse lá da sala:
"Pensei que você tinha ido se deitar".
"Estou a caminho", respondeu ela.
Pôs água na tigela do cão e chamou o gato para dentro de casa.
Certificou-se de que as portas estavam fechadas.
Espreitou para o quarto de cada um dos filhos, apagou a luz do corredor,
pendurou uma camisa, atirou umas meias para o cesto da roupa suja,
e conversou um bocadinho com o mais velho que ainda estava estudando.
Já no quarto, acertou o despertador, preparou a roupa para o dia seguinte e arrumou os sapatos. Depois lavou o rosto, passou creme, escovou os dentes e acertou uma unha quebrada.
A essa altura, o pai desligou a televisão e disse:
-"Vou me deitar"
E foi... sem mais nada.
Notaram aqui alguma coisa de extraordinário?
Ainda perguntam por que é que as mulheres vivem mais...e são tão MARAVILHOSAS?PORQUE SÃO MAIS FORTES...
FEITAS PARA RESISTIR...

Envie isto às mulheres fantásticas que conhece.
Elas vão amar.
E para os homens também;
pode ser que eles percebam alguma coisa...
"Existem muitos motivos para não se amar uma pessoa,
mas apenas um para amá-la".

Carlos Drummond de Andrade

Pensamento VII

Há um único modo de acabar com um mal :
é fazer em troca dele, o bem.
Leon Tolstoi

Pensamento VI

"A coragem cresce com a ousadia, o medo com a espera."
Publílio Siro

Pensamento V

"O homem é de gelo para as verdades e de fogo para os embustes."

Jean de La Fontaine

Mulheres

Mulheres fracas, fortes.
Não importa.
Mulheres mostram que mesmo através da fragilidade.
São fortes o bastante para erguerem sempre a cabeça
Sem desistir,
pois sabem que são capazes de vencer.
Tem a delicadeza das flores
A força de ser mãe,
O carinho de ser esposa,
Reciprocidade de ser amiga,
A paixão de ser amante,
E o amor por ser mulher!
São fêmeas guerreiras, vencedoras,
São sempre o tema de um poema
Distribuem paixão, meiguice, força, carinho, amor.
São um pouco de tudo
Calmas, agitadas, lentas!
Vaidosas, charmosas, turbulentas.
Mulheres fortes e lutadoras.
Mulheres conquistadoras
Que amam e querem ser amadas
Elegantes e repletas de inteligência
Com paciência
O mundo soube conquistar.
Mulheres duras, fracas.
Mulheres de todas raças
Mulheres guerreiras
Mulheres sem fronteiras
Mulheres... mulheres...

Felicidade hj e sempre!!!

Pensamento IV


A vida é amarga e doce.
Por isso não há outra forma de descrevê-la senão captando esses dois sabores.

Jim Harrison

Pensamento III

A vida é uma tarefa que não se divide com ninguém.

Raquel de Queiroz

Abraço...

Aproxime-se mais.

Tente sentir do que um abraço é capaz.

Quando bem apertado, ele ampara tristezas,
sustenta lágrimas,
combate incertezas, põe a nostalgia de lado.
É até capaz de amenizar o medo.
Se for cheio de ternura, ele guarda segredos, e jura cumplicidade.
Um abraço amigo de verdade
divide alegrias e se apraz em comemorações.

Abraços são pequenas orações de fé, de força e energia.

Olhe para o lado: -há sempre alguém que quer
ser abraçado e não tem coragem de dizer.

Enlace-o.

O pior que pode acontecer é ganhar de volta um sorriso de carinho, ou,
quem sabe, uma palavra sincera.
Você vai descobrir que ninguém está sozinho
e que a vida pode ser um eterno céu de primavera...

Ei, cadê meu abraço?

Joy

Reflexão

Já perdoei erros quase imperdoáveis,
Tentei substituir pessoas insubstituíveis e esquecer pessoas inesquecíveis.
Já fiz coisas por impulso,
Já me decepcionei com pessoas quando nunca pensei me decepcionar,
mas também decepcionei alguém.
Já abracei pra proteger, já dei risada quando não podia,
Fiz amigos eternos, amei e fui amado,
Mas, também já fui rejeitado, fui amado e não amei.
Já gritei e pulei de tanta felicidade, já vivi de amor e fiz juras eternas,
"quebrei a cara" muitas vezes!
Já chorei ouvindo música e vendo fotos,
já liguei só pra escutar uma voz,
Me apaixonei por um sorriso, já pensei que fosse morrer de tanta saudade
E tive medo de perder alguém especial (e acabei perdendo)!
Mas vivi!
E ainda vivo!
Não passo pela vida...
Bom mesmo é ir a luta com determinação, abraçar a vida e viver com paixão,
Perder com classe e vencer com ousadia,
Porque o mundo pertence a quem se atreve
e a vida é MUITO curta para ser insignificante.

Haaa...
Tb quero repassar esse "recado" vi numa página e achei muito lindo, e é a realidade que vivemos, pena que muitos não pensem dessa forma!:

"A vida é valor absoluto.
Não existe vida menor ou maior, inferior ou superior.
Engana-se quem mata ou subjuga um animal por julgá-lo um ser inferior.
Diante da consciência que abriga a essência da vida, o crime é o mesmo"

Aprenda a chamar a polícia...

Falando em desarmamento...
Eu tenho o sono muito leve,
e numa noite dessas notei que havia alguém andando sorrateiramente no quintal de casa.
Levantei em silêncio e fiquei acompanhando os leves ruídos que vinham lá de fora,
até ver uma silhueta passando pela janela do banheiro.
Como minha casa era muito segura,
com grades nas janelas e trancas internas nas portas,
não fiquei muito preocupado, mas era claro que eu não ia deixar um ladrão ali,
espiando tranqüilamente.
Liguei baixinho para a polícia informei a situação e o meu endereço.
Perguntaram-me se o ladrão estava armado ou se já estava no interior da casa.
Esclareci que não e disseram-me que não havia nenhuma viatura por perto para ajudar,
mas que iriam mandar alguém assim que fosse possível.
Um minuto depois liguei de novo e disse com a voz calma:
- Oi, eu liguei há pouco porque tinha alguém no meu quintal.
Não precisa mais ter pressa.
Eu já matei o ladrão com um tiro de escopeta calibre 12,
que tenho guardado em casa para estas situações.
O tiro fez um estrago danado no cara.
Passados menos de três minutos, estavam na minha rua cinco carros da polícia,
um helicóptero, uma unidade do resgate, uma equipe de TV e a turma dos direitos humanos,
que não perderiam isso por nada neste mundo.
Eles prenderam o ladrão em flagrante, que ficava olhando tudo com cara de assombrado.
Talvez ele estivesse pensando que aquela era a casa do Comandante da Polícia.
No meio do tumulto, um tenente se aproximou de mim e disse:
-Pensei que tivesse dito que tinha matado o ladrão
Eu respondi:
- Pensei que tivesse dito que não havia ninguém disponível.

(Luís Fernando Veríssimo)

AS BANANAS

Um amigo do viajante resolveu passar algumas semanas num mosteiro do Nepal.
Certa tarde, entrou num dos muitos templos do mosteiro, e encontrou um monge,
sorrindo, sentado no altar.
- Por que o senhor sorri ? - perguntou ao monge.
- Porque entendo o significado das bananas - disse o monge, abrindo a bolsa que carregava, e tirando uma banana podre de dentro.
- Esta é a vida que passou e não foi aproveitada no momento certo, agora é tarde demais.
Em seguida, tirou da bolsa uma banana ainda verde.
Mostrou-a e tornou a guardá-la.
- Esta é a vida que ainda não aconteceu, é preciso esperar o momento certo -disse.
Finalmente, tirou uma banana madura, descascou-a, e dividiu-a com meu amigo,dizendo :
- Este é o momento presente.Saiba vivê-lo sem medo.

AUTOR DESCONHECIDO

A Perfeição do Universo

Onde há humildade existe uma simplicidade.
Onde há simplicidade existe uma semente.
Onde há uma semente existe um grande sonho.
Onde há um grande sonho existe uma esperança.
Onde há esperança existe um brilho.
Onde há um brilho existe uma estrela.
Onde há uma estrela existe uma galáxia.
Onde há uma galáxia existe um universo.
Onde há um universo existe um infinito.
Onde há um infinito existe Deus.
Onde há Deus existe uma vida.
Onde há uma vida existe um amor.
Onde há um amor existe uma celebração.
Onde há uma celebração existe um por quê.
Onde há um por quê sempre haverá uma razão para se existir.
Se existe uma razão para se existir, então vamos agradecer.

Obrigado por você existir na minha vida.

BONS AMIGOS

Abençoados os que possuem amigos, os que os têm sem pedir.
Porque amigo não se pede, não se compra, nem se vende.
Amigo a gente sente!

Benditos os que sofrem por amigos, os que falam com o olhar.
Porque amigo não se cala, não questiona, nem se rende.
Amigo a gente entende!

Benditos os que guardam amigos, os que entregam o ombro pra chorar.
Porque amigo sofre e chora.
Amigo não tem hora pra consolar!

Benditos sejam os amigos que acreditam na tua verdade ou te apontam a realidade.
Porque amigo é a direção.
Amigo é a base quando falta o chão!

Benditos sejam todos os amigos de raízes, verdadeiros.
Porque amigos são herdeiros da real sagacidade.
Ter amigos é a melhor cumplicidade!

Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho,
Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!

Machado de Assis